Cemitério lotado, dor e vergonha

A informação está no blog do Sismmar: na manhã de hoje, as dirigentes Iraídes Baptistoni e Solange Marega representaram o sindicato no velório de Jordevino Gonçalves de Oliveira (falecido ontem), pai do servidor municipal Jorge Gonçalves de Oliveira. Lá se depararam com uma triste situação, fruto de falta de planejamento da atual administração: não há vagas no Cemitério Municipal e o servidor está sem lugar para sepultar o corpo. O servidor não sabe o que fazer, pois não têm condições de pagar por um túmulo. Segundo Jorge, o túmulo mais barato sai por R$ 3.850,00. O Sismmar lamenta a dor da família e a vergonha a qual ela está sendo exposta. Jorge está vendo a possibilidade de conseguir um túmulo emprestado com parentes. A atual administração municipal pouco fez para evitar essa falta de vagas no Cemitério Municipal.
PS – O blog antecipou o caos em novembro.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

14 pitacos em “Cemitério lotado, dor e vergonha

  1. E o povão de Maringá acha que esta tudo certinho, tudo lindo e amoroso a cidade de Maringá kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Obs: Votaram para mandar por 8 anos agora aguenta!

  2. A família enlutada,

    É uma vergonha, não se pode nem morrer em Maringá, já comentei no face, Prefeito Pupin, tome providencias, ou será que um cidadão maringaense não tem nem o direito de morrer em paz! Que administração é essa que eu não conheço.

    A família os meus pêsames, e que DEUS de o conforto aos corações de toda família e desculpem o constrangimento! O tumulo mais barato R$ 3.850 reais, tá de brincadeira, é o seu prefeito lá em “Cancum” da para ser feliz! Um trecho da “Escritura Sagrada”

    “Não farás injustiça no juízo; não farás acepção da pessoa do pobre, nem honrarás o poderoso; mas com justiça julgarás o teu próximo. (Levítico 19:15).

    José Fuji.

  3. Quem tem amigos na administração municipal (Prever) verá seus negócios deslachar (crematório)…bando de f.d.p….

  4. sra solange marega, nem na hora do funeral vc deixa de aproveitar para fazer politica. Ao inves de criticar, pque vc nao da uma ideia p resolver a situação do atual cemiterio municipal.
    Na epoca que o PT administrou(e muito mal) pque vcs nao resolveram o problema. Ser pedra e facil.

  5. Jorge, sentimos muito sua perda. Mas, misturando as coisas, essa prefeitura não quer mais saber de nós (mortos, porque não votamos), e nem de nós catadores de papel (porque, quase todos analfabetos, votamos mal). E assim, a elite dos Barros continua mandando e demandando

  6. Pelo jeito não foi só esse prefeito que não fez nada para mudar a situação do cemitério,os anteriores tambem nada fizeram. Que a verdade seja dita!

    • Mas que reflexão maravilhosa a sua, hem Milton? Então quer dizer que devemos voltar às cavernas? Ora… Que cada um que se meta a prefeito faça alguma coisa, e aquele que não fez seja “sepultado” pra que não volte mais. O mundo agradece.

  7. Nós devemos saber o que realmente acontece nesta administração, sabemos qual é o interesse de passar tudo para o PREVER, todo mundo acha que é uma maravilha ser atendido pelo PREVER, x e qual é o interesse dos Barros, não ter mais CEMITÉRIO MUNICIPAL, passando tudo para PREVER, o povo maringaense tem de acordar.
    O comentário da MÃE, desculpa mais vc foi muito infeliz em dizer que a Solange, está fazendo politica, ela está no papel dela, como diregente sindical, e o Sr. Jorge é um servidor público.
    E na qualidade de diregente sindical seja quem for, deve ir atrás sendo ou de sua base sindical, afinal um cargo público, e deve ser cobrado o executivo municipal como também o legislativo municipal, que foram eleitos para administrar e fiscalizar a cidade para o povo e não para os apadrinhados e patrocionadores das campanhas eleitorais.

  8. Ó Balestra
    Não foi nada disso que falei,o que disse foi;que não foi só o atual prefeito que nada fez em relação a situação caótica do cemitério,foi ele e seus antecessores,nenhum deles tomou medidas para que isso não chegar a uma situação dessas.

Deixe seu pitaco