Repercussão II

Li, em O Diário, matéria de Murilo Gatti: “O relatório detalhado das horas extras pagas aos servidores da Câmara Municipal de Maringá no mês de fevereiro, divulgado pela presidência da Casa, mostra que apenas um vigia, contratado para trabalhar em regime de 6h, teria feito 210 horas e 30 minutos de jornada extra durante os 31 dias de janeiro.O vigia é um dos 50 funcionários da Casa que receberam no final de fevereiro pelas 1.606 horas extras trabalhadas no mês anterior, quando a Câmara Municipal estava em recesso” (leia mais).
Meu comentário: Agradeço ao jornalista Murilo Gatti, por este belo trabalho, que certamente resultará em benefício para o contribuinte maringaense.Sugiro que faça uma matéria sobre o pagamento de gratificações por participação em comissões de licitações e recebimentos de materiais.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.