ICMS: Maringá pode passar Londrina em 2014

Londrina vem sendo a única cidade fora da Região Metropolitana de Curitiba a figurar nas primeiras posições do ranking de repasses do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Para 2013, está em quarto lugar e terá direito a 2,6% da devolução do imposto, o equivalente a quase R$ 120 milhões. A colocação, porém, pode ser perdida para Maringá já no ano que vem. Maringá avançou duas posições em relação aos números do ano passado. Em 2012 o município estava na sétima posição, com direito a 2,31% do repasse de ICMS, e neste ano a taxa aumentou para 2,37%, garantindo o quinto lugar na lista com uma verba estimada em R$ 108,5 milhões. Enquanto Londrina registrou um crescimento de 1,6% na arrecadação do ICMS, Maringá teve aumento real de 2,6%. Mas a diferença maior está na produção agropecuária. “Em Londrina essa produção caiu 8% enquanto em Maringá a taxa aumentou 5%. É muita coisa”, disse o diretor econômico da Secretaria de Fazenda, Francisco de Assis Inocêncio, no Jornal de Londrina. Leia mais.