Requião vai pedir cassação do mandato de Richa, diz Delazari

O senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), vai pedir a cassação do mandato do atual governador Beto Richa (PSDB), segundo o coordenador jurídico da campanha de Requião, Luiz Fernando Delazari. Uma perícia técnica (acima) apontou que ataques virtuais foram feitos por usuários de computadores que estão em nome de Richa, o que sugere que pode ter sido feito do Palácio Iguaçu e/ou da casa do governador, além de computadores da Copel, Celepar e GVT. A informação está no site do candidato.
Delazari revelou que enviou ofícios à Justiça Eleitoral. “Estamos denunciando o atual governador por propaganda ilegal, conduta vedada e pedindo a cassação do mandato dele. Computadores de empresas públicas e provavelmente do Palácio Iguaçu foram usados para difamar e caluniar o senador Requião”, contou.
A perícia foi feita pelo perito criminal e especialista em crimes eletrônicos Wanderson Moreira Castilho, presidente da E-NetSecurity. O laudo técnico apontou que os canais ‘Maicon Silveira’, ‘Rodrigo Viana’, ‘Maicon Silva’, ‘Xô Requião’ e ‘Xô Requião!’ são desenvolvidos por usuários comuns que também operam o canal de Beto Richa. A constatação seguinte da perícia aponta que “o canal Beto Richa tem evidente caráter oficial, sendo editado a partir de IP pertencente ao candidato e também à Celepar”, além de comprovar que esses usuários comuns citados partilharam do mesmo IP a partir da Copel e Celepar.
Segundo Delazari, ofícios foram enviados a todos os citados. “Copel e GVT ainda não responderam, que podem ser considerado inclusive crime de desobediência”, complementou.
A Celepar respondeu que no dia 22 de setembro de 2011 computadores do Palácio das Araucárias foram utilizados para postar vídeos com ataques a Requião: “O servidor mencionado gerenciava redes de computadores utilizadas por órgãos do governo do estado instalados no prédio do Palácio das Araucárias”.
Como o programa eleitoral é reduzido, com apenas 2 minutos e 56 segundos, Requião deixou para fazer a revelação da tão falada “bala de prata” na #TV15, canal de comunicação que ele usa desde o início da campanha eleitoral para conversar com seus eleitores (www.requiaopmdb.com.br/tv15). Em poucos segundos, o site foi derrubado do ar. Para contornar a situação, Requião anunciou que faria o anúncio ao vivo pelo blog do colunista Esmael Moraes. Novo ataque virtual tirou o site do ar.
Segundo Luiz Fernando Delazari, foram mais de 220 mil ataques simultâneos. “Estamos entrando com uma representação na Polícia Federal para investigar a prática criminosa desse que foi um dos maiores ataques feitos a um site no Brasil”, revelou.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.