Emporcalhando o passeio público

lixo

Um tiozinho foi fotografado há pouco despejando lixo no canteiro central da avenida Pedro Taques, proximidades da praça Farroupilha, no Jardim Alvorada, maior bairro de Maringá.
A lei estabelece penalidade para quem faz o que este senhor fez, ainda mais que o blog registrou a indignação de pessoas que trabalham e residem por ali com a sujeira que tem tomado conta da avenida.
Comerciantes que têm seus estabelecimentos na mesma avenida, da Farroupilha até a praça São Vicente, que pagam seus impostos, estão dispostos a mudar a situação. Manter o canteiro central livre do lixo é um desafio naquele trecho; da Farroupilha até a Colombo, embora ainda se percebam entulhos, o cuidado é maior.
É preciso também que o poder público, que tem os instrumentos para coibir os sujismundos, faça sua parte, pois, como se vê, muitos não têm a mínima consciência ambiental e tem que ser penalizadas.

Lixo

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.