Descendo a rampa

silvio-john-crispim

Uma das incógnitas da política maringaense é a continuidade do PMDB no condomínio partidário de Ricardo Barros após a derrota do PP nas eleições deste ano.
O partido, que há dois pleitos não elege um vereador, não elege deputado estadual desde 1986 e agora nem emplacou candidato a vice-prefeito, desce a rampa.

Acredita-se que será preciso uma intervenção estadual para que o partido se reerga. Mais que isso, com novos nomes e posições.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.