Férias sem volta?

Há uma semana, a coluna Expresso anunciou que o presidente Michel Temer havia concedido 12 dias de férias para Ricardo Barros. No sábado passado, no regabofe aos seus áulicos, ele disse que irá aproveitar 15 dias de férias para percorrer o Paraná e reorganizar sua base, pensando na candidatura à reeleição em 2018.
Hoje pela manhã, informa Flávia Rocha, do Portal AZ, de Teresina (PI), Silvio Mendes será a nova indicação do PP para o Ministério da Saúde. Michel Temer teria pedido um novo nome ao senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, porque Barros está “envolvido em desgastes dentro do governo”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.