Ministério Público Estadual investiga advogado de vereador alvo de Comissão Processante em Maringá

A promotora de justiça Lucimara Salles Ferro, da comarca de Rolândia, instaurou inquérito civil público para apurar irregularidades referentes à atuação em advocacia particular pelo advogado Valter Akira Iwazaki, da Procuradoria Jurídica da câmara daquela cidade.

Iwazaki atuou na defesa do vereador Homero Figueiredo Marchese e Lima na Comissão Processante que foi suspensa mediante liminar do Tribunal de Justiça do Paraná no final do ano passado. Ele teve atenção especial da subseção local da OAB. Cargo comissionado na Câmara de Rolândia e com banca advocatícia em Londrina, sua atuação pode ter sido irregular, objeto do inquérito aberto pelo Ministério Público Estadual em 17 de janeiro passado. (Corrigido)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.