Vereador pede CPI para investigar contrato do transporte coletivo

O vereador Alex Chaves (PHS) apresentará na manhã de hoje o pedido para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a situação do contrato de concessão do transporte coletivo urbano com a Prefeitura de Maringá.

A iniciativa acontece depois que o prefeito Ulisses Maia sinalizou possível quebra de contrato em virtude de alegada situação financeira da empresa concessionária. Chaves diz que é dever dos vereadores investigar o que está acontecendo e dar satisfação à comunidade.
Em 2013 a Câmara de Maringá também criou a CPI do Transporte Coletivo, que teve como relator o então vereador Humberto Henrique. O relatório final da CPI, com 560 páginas, e que apontou que a tarifa poderia ser reduzida em até R$ 0,20, foi encaminhado ao Ministério Público Estadual, prefeitura municipal e Tribunal de Contas.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.