Secretário de Cida Borghetti e quatro de seus ex-auxiliares estão na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas

A partir de hoje estará disponível no site do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná a lista de agentes públicos com contas consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

Baseada no nome de pessoas que tenham feito, de algum modo, o uso de dinheiro público nos últimos oito anos, a lista, com 1.083 nomes, servirá de base de dados para que o TRE-PR possa ou não decretar a inelegibilidade de gestores que queiram concorrer a algum dos cargos públicos eletivos destas eleições e contribuirá para a análise feita pela Justiça Eleitoral dos pedidos de registro de candidatura.
A lista, conforme detalhou Murilo Gatti ontem no Maringá Post, traz os nomes de seis maringaenses – incluindo o ex-prefeito Silvio Barros II (hoje, secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná) e quatro de seus ex-auxiliares, um deles integrando a equipe da governadora Cida Borghetti. Considerando que o outro ex-prefeito que consta da relação é Jairo Gianoto, é possível afirmar que as administrações Barros e Gianoto estão aí ó, pau a pau, pelo menos na lista de inelegíveis do TCE. (Atualizado)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.