Cida Borghetti e Beto Richa parcelam pagamento de multa em 60 vezes

O juiz Luiz Fernando Wowk Penteado, da Justiça Eleitoral do Paraná, autorizou ontem que a governadora Cida Borghetti (PP), pré-candidata à reeleição, o ex-governador Beto Richa (PSDB), pré-candidato ao Senado, e a coligação ‘Todos Pelo Paraná”, que os elegeu ao Palácio Iguaçu em 2014, possam parcelar em 60 vezes, cada um, R$ 7.580,38 de multas que as partes receberam naquele ano, por uso da máquina pública em benefício eleitoral.

As parcelas das multas, divididas em 60 vezes, ficarão em R$ 126,33 para cada um por mês. A informação é do blog Política em Debate.
O pedido de parcelamento foi feito para que os políticos possam regularizar a situação na Justiça antes de registrarem suas novas candidaturas no dia 15 de agosto no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Sem a certidão de quitação ou parcelamento de multas eleitorais, os candidatos podem ter problemas na homologação das chapas. Leia mais

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.