Datas imprecisas

Ogier Buchi, que não teve o nome registrado pelo PSL para disputar o governo do estado, em entrevista publicada ontem no Maringá Post deve ter se confundido com datas.

Baratek 10

Ele disse que foi convidado pelos dirigentes do partido no dia 8, uma quarta-feira, quando assistia um jogo do Palmeiras, e que “oito dias depois me disseram que não precisavam mais”. Acontece que a Sociedade Esportiva Palmeiras não atuou no dia 8, e sim no dia 9, quando venceu por 2 a 0 o Cerro Porteño do Paraguai, pela Libertadores.
O pedido para que ele fosse candidato, neste caso, teria ocorrido dias depois do prazo final para a realização das convenções partidárias, que foi domingo, 5 de agosto. A convenção do PSL para indicar seus candidatos teria ocorrido, conforme edital de convocação, no dia 4, sábado.
Este modesto blog publicou no dia 6, segunda-feira, a notícia de que Buchi tinha sido nomeado para cargo comissionado (diretor do BRDE), por Cida Borghetti, sua pretensa adversária no pleito, em 1º de agosto. O decreto foi anulado quase uma semana depois.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.