Não é pra tanto

O presidente do MDB maringaense, Umberto Crispim, por conta de seu apoio à pepista Cida Borghetti, tem sido criticado por correligionários, e até alguns bem chegados, em redes sociais.

Boa parte dos filiados cobra sua dedicação à campanha do deputado federal João Arruda. Quem acompanha mais de perto o pleito eleitoral e seus bastidores, no entanto, sabe que não é pra tanto. A candidatura de Arruda tem toda a aprovação do PP paranaense, que acredita que sua votação possa viabilizar um aguardado segundo turno. Assim, qualquer cobrança a Crispim neste momento é vista como desnecessária.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.