Em tempos de fake news

O prefeito Ulisses Maia foi às redes sociais para falar sobre boato divulgado por opositores ‘informando’ que sua administração criaria “mais uma taxa”.

Esclareceu que não vai criar nova taxa que já exista. “A taxa do Funrebom, do bombeiro, vai ser extinta em 2019 e outra a substituirá. Sem aumento e o recurso é para manter Bombeiro e Siate. No meu mandato não vou aumentar tributos! Apenas a inflação oficial”, frisou.
Imaginemos que fosse verdadeira a ‘informação’ divulgada por opositores e que, de repente, uma nova taxa fosse criada. Como ela passaria pela Câmara de Maringá, sem debate, sem discussão entre os vereadores? Esta é a importância de vereadores não usarem o Legislativo como trampolim para outros cargos, pois muitas vezes podem deixar uma cidade sem fiscalização. Por isso político tem que cumprir o mandato para o qual foi eleito. Felizmente, neste caso, é só boato, ainda que tenha cheiro de maldade.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.