Fake news podem custar mandato

As fake news sobre fraudes em urnas eletrônicas, divulgadas no dia da eleição pelo delegado da Polícia Federal e deputado federal Fernando Francischini, deputado estadual mais votado do pleito, podem lhe custar o futuro mandato.

A penalidade não deixaria de ser um bom exemplo contra as mentiras que políticos costumam divulgar pela internet. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.