Ainda sem executiva

Na semana que vem completa um mês que anunciou-se a ida do advogado Rogério Calazans para o Avante, na condição de pré-candidato a prefeito. Até agora, porém, a executiva municipal do partido não mudou, continua com a situação de suspensão, tomada em 30 de outubro do ano passado.

Calazans, que na semana passada conversou com o prefeito Ulisses Maia, terá legalmente o direito de participar de debates na campanha eleitoral de2020.

INVESTIGAÇÕES
O Ministério Público Estadual investiga a suposta negativa de concessão de apoio especializado, pelo município de Maringá, a uma criança portadora de transtorno do espectro autista.
O mesmo promotor, Pedro Ivo Andrade, instaurou inquérito civil público para apurar eventuais irregularidades na alienação de imóvel de propriedade do município para a empresa Moreira & Moreira Indústria e Comércio de Bambu Ltda., através do Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Prodem).
E, apesar da providência tomada pela Câmara de Maringá, o MPE abriu inquérito civil público para apurar eventual ocorrência de nepotismo em relação a dois servidores do Legislativo,

ELOGIOS
Na última reunião do Conselho da Polícia Civil do Paraná, realizada no dia 29, sob a presidência de Silvio Jacob Rockembach, foi conhecido ofício enviado pelo deputado federal Sargento Fahur (PSD) promovendo “moções de elogio a toda equipe da 9ª SDP de Maringá pelo empenho extraordinário e incessante que permitiu a exitosa e rápida prisão do acusado de estuprar e matar, com requintes de crueldade, Jenifer Tavares, jovem de 16 anos”.
A manifestação do parlamentar recebeu manifestação da Corregedoria Geral da Polícia Civil de que o ato não constitui motivo de elogio por feito excepcional.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.