Pepista reclama do salário

Durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça na terça-feira, o deputado estadual e radialista Luiz Carlos Martins (PP) reclamou dos vencimentos de R$ 25,3 mil.

Segundo ele, o valor foi achatado nos últimos mandatos. Martins, por sinal, só conseguiu continuar na Assembleia Legislativa porque aceitou o convite da família Barros para deixar o PSD de Ratinho. Na eleição anterior ele já havia sido eleito por uma diferença de apenas 10 votos.
“Nós não podemos esquecer a questão de salários, inclusive nós aqui da Assembleia também tivemos um achatamento salarial. O salário de deputado, você ia em uma concessionária e comprava um carro zero da melhor qualidade. Hoje, você não compra metade, não paga metade de um carro popular”, disse ele.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.