CCJ da Alep dá parecer favorável à prorrogação de mandatos de diretores

O projeto de lei que prorroga por um ano os mandatos dos atuais diretores das escolas da rede estadual de educação básica recebeu ontem parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça, da Assembleia Legislativa do Paraná.

De iniciativa do  Executivo, o projeto começou a ser discutido pela Comissão na semana passada. Na ocasião, recebeu parecer favorável do relator, deputado Tiago Amaral (PSB). Porém, o deputado Tadeu Veneri (PT), pediu vista da matéria, com o objetivo de analisar detalhadamente a proposta, adiando a votação do parecer do relator.

Ontem, durante sessão extraordinária, Veneri disse não ter considerações em relação a constitucionalidade e legalidade do projeto. Entretanto, anunciou que pretende discutir aspectos relacionados ao mérito em plenário. Antes de ser votado em plenário o projeto deverá ser analisado ainda por outras comissões permanentes.

O deputado Tiago Amaral, vice-líder do Governo, explicou que o projeto amplia os mandatos dos diretores por mais um ano, mantendo os demais critérios previstos para o processo de escolha dos novos gestores. E também informou que a eleição dos novos diretores deverá ocorrer justamente nos meses de novembro e dezembro, não interferindo no calendário das eleições municipais, que acontecem no próximo ano.

Na foto, os deputados Evandro Araújo e Delegado Jacovós, que participaram da reunião.

A CCJ volta a se reunir hoje às 13h30, no Auditório Legislativo, com transmissão ao vivo pela TV Assembleia e pelas redes sociais.

(Foto: Orlando Kissner/Alep)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.