binário

Geral

Binário no Universo

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) implantará a partir de segunda-feira sentido único nas ruas Universo e Galáxia. A rua Universo terá sentido da rua Pioneira Maria de Freitas Marangoni para a rua João Carlos Polo. Já a rua Galáxia terá sentido inverso. Continue lendo ›

Maringá

Mudez

Eurogarden

Esta semana o secretário Leopoldo Fiewski confirmou, ao comentar sobre mais 7 milhões de dólares emprestados do BID, que a Prefeitura de Maringá oficialmente desistiu do binário da avenida Brasil.
Com isso, aparentemente, fica mais difícil a viabilização do Eurogarden, loteamento objeto de operação urbana consorciada, anunciado na gestão Silvio Barros II e formalizado na atual, após autorização da câmara, em 2013. Continue lendo ›

Maringá

Obras na avenida Brasil

Avenida Brasil
(Corrigido) Na esquina das avenidas Brasil com São Paulo, área central de Maringá. A obra teria a ver com as “adequações semafóricas” para transformar a Brasil em binário em direção ao antigo Aeroporto Gastão Vidigal, atendendo-se, assim, à vontade do dono da cidade.

Maringá

Preparativos para o binário

Na última quarta-feira, a Prefeitura de Maringá interrompeu o trânsito em alguns pontos da avenida Brasil para promover cortes na pista para receber fiação semafórica, dentro das mudanças que se pretende fazer na via, tornando-a binária. Não se tem notícias de que a Associação de Lojistas e Moradores da Avenida Brasil de Maringá (Almabram), que já realizou dois protestos contra o projeto, recorreu à justiça para tentar a paralisação. Como não há detalhes do projeto, fala-se que haverá cortes de praças, o que demandaria inclusive a convocação de audiências públicas e autorização da câmara municipal. As mudanças na avenida, que incluíram a retirada das vagas de estacionamento no canteiro central, estão ocasionando fechamento de estabelecimentos comerciais e demissão de funcionários.

Má-ringá

Enquanto isso, na avenida Brasil…

Avenida Brasil Maringá
O comércio agonizante da avenida Brasil, em Maringá, mostra as consequências da retirada dos estacionamentos transversais que estavam instalados naquela via, as ¨espinhas de peixe¨, ação que foi decidida com interesses privados e sem consulta popular. Se não houver reação, o próximo passo é o binário, também visando os interesses imobiliários do chefe do prefeito. Sem considerar as salas comerciais, que, ao contrário de antes, são muitas para locação, hoje são 19 os pontos de lojas térreas fechadas entre a praça 7 de Setembro e a praça Rocha Pombo. Comerciantes e moradores preparam um ato público para as 17h da próxima terça-feira, com concentração na praça Napoleão Moreira da Silva.
Avenida Brasil Maringá

Maringá

Curiosidade e preocupação

brasil
Leitor faz uma observação interessante a propósito de um dos desenhos (porque estudos e projetos que é bom…) divulgados pela Prefeitura de Maringá da nova avenida Brasil mostrar que a ciclovia que inventaram agora terá duas pistas. Vem daí a indagação: a ciclovia também será binária? [Não, basta clicar no desenho; serão duas mãos, e a previsão de tráfego intenso]
Ainda a respeito do assunto, embora o grupo que está no poder pouco se lixe, há uma preocupação crescente com demissões no comércio da avenida Brasil, em especial no trecho entre a praça 7 de Setembro e a avenida Paraná.

Blog

Prefeitura deve acabar com feira-livre da Mauá

feira
Na época da campanha eleitoral, e até recentemente, o prefeito Carlos Robeto Pupin (PP) prestigiava com assiduidade a feira-livre da avenida Mauá, que acontece aos domingos, mesmo porque fica próxima da padaria que frequenta com seu projeto de conselho político. Eis que agora ele está a um passo de assinar o fim da tradicional feira-livre, e desagradar vários eleitores, assim como fez com comerciantes da avenida Brasil, cujo futuro é incerto. É que para atender aos interesses imobiliários do coordenador de sua campanha, o chefe Ricardo Barros, para implantar o binário na Mauá Pupin deverá decretar o fim da feira. A propósito, o Dia Municipal do Feirante é comemorado em 1ª de março.

Maringá

Menegazzo: “Tenho uma família para alimentar”

Mauro Menegazzo
O diretor de Mobilidade Urbana da administração Pupin/Barros, Mauro Menegazzo, admitiu nesta noite, na reunião em que a prefeitura expôs detalhes das mudanças viárias na avenida Brasil, em Maringá, que é contra o projeto. Confrontado pelo repórter Agnaldo Vieira, do site Manchete com o documento que assinou há um ano (divulgado com exclusividade por este modesto blog), manifestando-se contra o binário na Brasil, ele disse que, como cidadão e como maringaense que gosta da cidade, continua contra as mudanças – mas que passou a defender a proposta da administração porque é funcionário de carreira e porque tem “uma família para alimentar” e que está a seis meses da aposentadoria. Seu depoimento chocou os presentes, que aplaudiram a pergunta do repórter. Para a plateia, ficou claro que alguém manda neste projeto e, por extensão, na Prefeitura de Maringá – e não são os técnicos nem o prefeito Pupin. Foto Agnaldo Vieira.

Maringá

Exclusivo: o parecer técnico da revitalização da avenida Brasil


O documento acima, obtido com exclusividade pelo blog, detalha os motivos técnicos que levaram engenheiros da Prefeitura de Maringá a recusar o projeto de revitalização da avenida Brasil, que começou a ser implantado no último dia 4 e que agora, quase um mês depois, será mostrado a associados da Acim. A reunião começará às 18h15 e terá a presença do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) e assessores. O parecer, assinado pelos engenheiro Mauro Menegazzo e Patrícia Barbosa Minari Purpur em maio do ano passado, é contrário à criação dos binários na avenida Brasil e algumas vias centrais, citando as possibilidades de estrangulamento em alguns pontos da região central da cidade.

Blog

O fim do binário?

O PMDB de Crispim não abre mão de administrar a Secretaria dos Transportes, num eventual governo Carlos Roberto Pupin (PP). Já se cogitou Grillo e John como secretários desta pasta, que é uma das mais exigentes em termos técnicos. Crispim, apesar da carteira de habilitação suspensa pelo excesso de multas (durante a campanha só andava com motorista particular), sempre foi crítico ferrenho do sistema binário, agora de posse da Setran poderá colocar suas teorias viárias em ação e a cidade poderá, quem sabe, voltar a ter o antigo sistema.

Maringá

Motoristas x ciclistas

herval
A propósito do sistema binário na avenida Herval, em Maringá, Rinaldo Guerra comenta no Facebook que ficou muito bom para o fluxo de veículos e um perigo para os ciclistas que transitam principalmente pela pista da esquerda. “Cuidado meu amigo ciclista são poucos motoristas que respeitam, se já não bastasse a alta velocidade passam de raspão colocando ainda mais a nossa vida em risco. A boa educação é que precisamos para esse trânsito tão maluco, onde todos tem pressa e querem chegar na frente, e se esquecem que do lado de fora existem vidas e que eles (motoristas) também são pedestres e um dia podem se tornar vítima do seu próprio sistema”, comentou.