manoel sobrinho

Verdelírio

Câmara mãe

O médico e vereador Dr. Manoel Sobrinho esteve em Mandaguari na última segunda-feira prestigiando a reunião do Legislativo daquela cidade a convite do vereador Chiquinho. A Câmara de Mandaguari é a Câmara mãe de Maringá. Quando Maringá ainda era não ra município, o saudoso Waldemiro Planas foi vereador em Mandaguari como representante dos maringaenses.

Continue lendo ›

Blog

Correndo o trecho

O vereador Manoel Sobrinho (PL) mantém o pique que sempre o caracterizou. Hoje mesmo discutiu demandas na área da saúde, com o chefe do Gabinete do Prefeito, Domingos Trevizan, e o vice-prefeito Edson Scabora.

Verdelírio

A decisão

O médico Dr. Manoel Sobrinho já decidiu que será candidato a vereador. Disse que ainda não decidiu se ingressará no MDB a convite de Edson Scabora mas já decidiu que se filiará em um partido do grupo do prefeito Ulisses Maia. Pelo menos já tem decisão.

Continue lendo ›

Verdelírio

Novo grupo

O médico e ex-vereador Dr. Manoel Sobrinho admite que deseja voltar a disputar uma cadeira na Câmara Municipal de Maringá, mas precisa conseguir autorização da esposa dona Rose. Com o fim do PCdoB terá que procurar um novo partido, mas disse que primeiro quer formar um grupo com o mesmo pensamento, para depois escolher o partido onde todo o grupo irá se filiar.Continue lendo ›

Eleições 2016

Pré-campanha petista

Verri-Manoel-HB

Pré-candidato a prefeito pelo PT, Humberto Boaventura (dir), esteve no arraiá do PCdoB no sábado passado, acompanhado do presidente do partido, Mário Verri (esq.).
Na foto, ambos com o vereador Dr. Manoel Sobrinho. O PT e o PCdoB devem estar juntos na próxima campanha eleitoral.

Política

De quem Barros tem medo

Postagem feita originalmente em janeiro de 2009:

Tem um político que preocupa o deputado federal Ricardo Barros (PP), vice-líder de Lula e manda-chuva da política maringaense. Chama-se Humberto Henrique (PT) – um dos poucos que levam a sério a função de legislador.
Na campanha eleitoral deste ano, Ricardo Barros fez de tudo para que Humberto Henrique não se reelegesse – e eu imagino o motivo. O “de tudo” incluiu oferecer R$ 30 mil ao médico Manoel Sobrinho (PCdoB). Continue lendo ›

Política

PCdoB nega que Dr. Manoel esteja deixando o partido

Manoel Sobrinho

O presidente do PCdoB de Maringá, Mário Henrique Alberton, enviou nota ao blog dizendo “não ser verdadeira” a informação veiculada hoje aqui de que o vereador Dr. Manoel Sobrinho (foto) teria decidido se filiar a outra agremiação partidária para concorrer às eleições municipais deste ano.
“Ao contrário, Dr. Manoel reafirma seu compromisso de permanecer filiado ao PC do B e contribuir para a construção do projeto político que será oferecido à população maringaense como opção à política de mercantilização da cidade que vem sendo implementada pelo grupo que domina o poder político local há mais de quinze anos.Continue lendo ›

Política

Pergunta que não quer calar

Depois que o vereador Manoel Sobrinho votou contra receber e investigar a denúncia (R$ 7,5 milhões!) contra o prefeito Carlos Roberto Pupin (PP), o PCdoB de Maringá pavimentará seu apoio ao candidato do grupo da família Barros em 2016?

Maringá

Duas boas notícias

Na sessão da Câmara de Maringá de hoje, duas boas notícias. Primeira: foi derrubado o veto do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) ao projeto de do vereador Manoel Álvares Sobrinho (PCdoB) colocando critérios para o repasse de recursos financeiros dos poderes Executivo e Legislativo para terceiros. Segunda: foi arquivado o projeto de Luizinho Gari (PDT) estabelecendo que músicos teriam acesso gratuito a eventos artísticos e às casas de shows desde que estejam inscritos de forma regular no Conselho Regional da Ordem dos Músicos, que havia sido aprovado em primeira discussão na terça-feira.

Maringá

Projeto sobre repasse de dinheiro público é vetado

O prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) vetou o projeto de lei de autoria do Dr. Manoel Sobrinho (PCdoB), que dispõe sobre o
repasse de recursos financeiros do Executivo e do Legislativo para terceiros. A proposta condiciona o repasse a título de contribuições, auxílios ou subvenções, para órgãos públicos ou entidades privadas declaradas de utilidade pública municipal.
Se a base agir como agiu para manter a falta de transparência nos gastos com publicidade, a Prefeitura de Maringá poderá continuar a repassar dinheiro público a organizadores de eventos como os da feira de aviação e outras empresas que visam o lucro.

Maringá

A Turma do Amém ressuscitada?

Câmara de Maringá
A Câmara de Maringá aprovou hoje, em primeira discussão, projeto do Executivo que autoriza a administração municipal a prorrogar a concessão de direito real de uso da área do Parque Internacional de Exposições em favor da Sociedade Rural de Maringá por 180 dias, contados a partir do próximo dia 31. A prorrogação permitirá que a entidade realize a Expoingá 2014 no mesmo local. Outro projeto, que autoriza o município a realizar concorrência para a concessão de direito real de uso da mesma área do parque, para concessão por 30 anos, foi aprovado em primeira discussão. Dois vetos do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) a projetos de Mário Verri (PT) e Manoel Sobrinho (PCdoB) foram mantidos, o que levou a se cogitar da volta, plena e definitiva, da Turma do Amém. Leia mais.

Blog

Devolução de selos

O médico e vereador Manoel Sobrinho (PCdoB) foi autor de um gesto inimaginável para alguns de seus colegas de Legislativo. Pouco antes de começar a campanha eleitoral ele devolveu à direção da Câmara de Maringá mais de R$ 4 mil destinados à aquisição de selos. Aliás, gestos como este é que garantiram a sua reeleição.

Política

A justificativa de Manoel Sobrinho

“Em uma sociedade carente de valores, podemos nos desacostumar a lidar com pessoas que não abrem mão dos seus princípios. Em uma sociedade que informa rapidamente, as pessoas podem cometer o erro de esquecer o que foi votado no ano de 2011. Análises feitas às pressas são pobres, e geram informações distorcidas, como as que estão sendo veiculadas”, diz texto publicado no site do vereador Manoel Sobrinho (PCdoB), justificando seu voto na sessão de ontem. “Dizer que o dr. Manoel votou contra a redução dos subsídios é uma inverdade que os fatos demonstram, e podem ser comprovados”, completa. Leia mais.

Akino

Dr. Manoel não será vice de Quinteiro

Não acredito que o PCdoB se coligue com o PSB. O partido está ligado umbilicalmente ao PT e graças a coligação é que conseguiu eleger dr. Manoel como vereador. Seria uma traição e tenho dúvidas se não caraterizaria infidelidade, sujeitando até a perda de mandato, que poderia ser requerido pela coligação. Penso que seja mais um factoide. Gostaria da manifestação do gabinete do vereador, que sempre se posiciona quando o citamos.
Akino Maringá, colaborador

Akino

Registro…

… resposta do gabinete do vereador dr. Manoel, nos seguintes termos: “Caro Sr (a) Akino: Como vossa senhoria sabe, pois acompanha a atuação do legislativo maringaense, nosso gabinete tem procurado, de todas as formas possíveis, defender os interesses da população de nosso município. Também deve ser de seu conhecimento que a democracia é exercida pelo voto. Como reflexo dessa prática, aqui na Câmara de Vereadores de Maringá os projetos, requerimentos e indicações também são votados. Vence quem tiver a maioria simples (ou qualificada, em determinados projetos) dos votos dos vereadores. Cabe lembrar que a oposição ao Executivo é composta de apenas 4 vereadores.Continue lendo ›