marcos valêncio

Geral

SBMG: Tribunal de Contas multa Marcos Valêncio, de novo

Aeroporto

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná julgou irregulares as contas de 2009 da SBMG S.A. – Terminais Aéreos de Maringá, de responsabilidade de Marcos Antônio Valêncio, superintendente daquela empresa na gestão Silvio Barros II.
Esta foi, se o blog não contou errado, a 13ª multa que o TCE tascou nos últimos meses em Valêncio, Valêncio, que foi um dos coordenadores da campanha do ex-prefeito em 2016.
Continue lendo ›

Blog

Quem diria…

silvio-valencio

Até o Marcos Valêncio, um dos coordenadores da campanha de Silvio Barros II, é 12.
Foram, até agora, 12 multas do Tribunal de Contas do Estado por causa de irregularidades na prestação de contas da época em que foi superintendente da SBMG S/A Terminais Aéreos de Maringá…

Maringá

TCE julgou irregulares cinco contas da SBMG na administração Silvio Barros II

aeroporto

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná julgou irregulares as contas de 2012 da SBMG S/A – Terminais Aéreos de Maringá, companhia municipal que administra o Aeroporto Regional Silvio Name Júnior, de Maringá.
Os autos indicaram falhas no sistema de controle interno e a ausência de envio de relatório desse sistema ao TCE-PR. As contas de ao menos cinco anos da gestão Silvio Barros II (PP) foram julgadas irregulares pelo tribunal.Continue lendo ›

Eleições 2016

Diferença

Enquanto a coordenação da campanha de Ulisses Maia (PDT) preparava os detalhes para o acompanhamento da apuração dos votos – a concentração será no comitê da avenida Brasil, na Vila Operária -, a campanha de Silvio Barros II (PP) mantinha a arrogância, principalmente com a imprensa.
Um dos coordenadores da campanha, Marcos Valêncio, que recentemente foi multado 11 vezes pelo Tribunal de Contas do Estado, avisou através de e-mail a Rádio Jovem Pan FM o departamento jurídico da campanha estaria atenta à programação da emissora. Continue lendo ›

Geral

Contas da SBMG na gestão Barros são rejeitadas pelo TCE; seu assessor é multado 11 vezes

silvio-valencio

Nas últimas semanas, a SBMG S/A – Terminais Aéreos de Maringá, companhia municipal que administra o Aeroporto Silvio Name Júnior, teve as contas de quatro anos (gestão do ex-prefeito Silvio Barros II) julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná: 2007, 2008, 2010 e 2011.
As contas desses quatro exercícios são de responsabilidade do superintendente da companhia, Marcos Antônio Valêncio (atual assessor do candidato do PP, na foto, à dir.), que recebeu um total de 11 multas, que somam R$ 12.621,68. Waldemar de Moura Júnior, que foi gestor da entidade entre julho e outubro de 2010, foi multado em R$ 725,48.Continue lendo ›

Geral

Tribunal de Contas mantém rejeição às contas da SBMG

Aeroporto de Maringá

O Tribunal de Contas do Paraná manteve a rejeição em mais uma prestação de contas da Terminais Aéreos de Maringá SBMG S/A, relativa a 2006, na gestão do ex-prefeito Silvio Barros II (sem partido), quando o superintendente era Marcos Antonio Valêncio.
As irregularidades referem-se a processos de compra de materiais de limpeza e informática, serviços de conservação elétrica, combustíveis e lubrificantes, no total de R$ 61.378,55, e a insuficiência de informações sobre as despesas de serviços de terceiros, no valor de R$ 301.586,32. Continue lendo ›

Maringá

Segurança operacional

O superintendente da SBMG, Marcos Antonio Valêncio, homologou ontem a vitória da empresa Link Consultoria em Informática e Tecnologia S/C Ltda., no valor global de R$ 100.800,00. Foi uma de suas últimas ações no cargo, que brevemente será ocupado pelo empreiteiro Fernando Camargo. A empresa vai instalar, configurar, testar, fazer a manutenção e comissionamento do sistema de gerenciamento da segurança operacional do Aeroporto Regional Silvio Name Junior.

Akino

Peço desculpas…

…se ofendi o sr. Marcos Valêncio com a postagem em que comentei sobre sua saída do cargo de diretor da SBMG. Como ele mesmo publicou em rede social dizendo que “ voltará ao mercado como consultor, “apoiando o Consórcio IQS/PJJ, vencedor do Lote 4 (MS, SP, PR, SC e RS) do Programa de Aeroportos Regionais do FNAC da Secretaria de Aviação Civil”., procurei saber do que se tratava e descobrimos é um negócio de R$ 7,3 bilhões. Em nenhum momento disse que Valêncio participaria de uma negociata, como ele escreveu. Repito disse que seria de um grande negócio. Há uma diferença enorme entre um grande negócio, que é legal e negociata. Para mim um negócio de R$ 7,3 bilhões é um grande negócio, no qual empresários de Maringá e Brasília certamente investiriam com tranquilidade se contassem com um braço direito com o conhecimento, capacidade e honestidade do senhor.
Desculpe-me se não me fiz entender. Continue lendo ›

Akino

Marcos Valêncio não caiu

Ao contrário do que pensam alguns, a saída de Marcos Valêncio da administração do aeroporto de Maringá não foi uma decisão de Pupin, para mudar o secretariado. Ele não caiu, foi promovido por sua competência e ser homem de confiança de Ricardo Barros, penso. Uma leitura atenta do post do Rigon me faz pensar assim. Vejamos este trecho: “Ele voltará ao mercado como consultor, “apoiando o Consórcio IQS/PJJ, vencedor do Lote 4 (MS, SP, PR, SC e RS) do Programa de Aeroportos Regionais do FNAC da Secretaria de Aviação Civil”.”
Somando se isso notícia que encontrei em jornal catarinense: “O Banco do Brasil divulgou na quinta-feira, 5 de dezembro, que o consórcio formado pelas empresas IQS Engenharia e PJJ Malucelli (IQS-PJJ) irá elaborar os estudos e projetos para intervenções nos 13 aeroportos catarinenses contemplados no Plano Regional de Aviação do Programa de Investimento em Logística (PIL), do Governo Federal. Continue lendo ›

Maringá

Valêncio confirma saída da SBMG

O superintendente da SBMG (Aeroporto Regional Silvio Name Junior), Marcos Valêncio, anunciou no Facebook, no domingo, que fica no cargo até janeiro. O blog havia publicado que ele e os secretários da Cultura, Jovi Barboza, e da Mulher, Flor Duarte, deixariam a administração Pupin; o blog soube que sua saída teria sido decidida pela primeira-dama, dona Luíza. Valêncio, que substituiu Sergio Name, ainda na gestão Silvio Barros II, de quem é muito amigo, ficou nove anos na prefeitura, sendo oito anos no mesmo cargo. “Acho que poucos integrantes destes dois últimos governos ficaram tanto tempo assim no cargo. Trabalho feito com amor, profissionalismo e acima de tudo, ética. Muitas dificuldades, mas muito mais grandes conquistas. Continue lendo ›