Administração quer passar por cima da lei e mudar Plano Diretor

Teixeira Mendes

No apagar das luzes do domínio de 12 anos da família Barros em Maringá, o grupo está tentando aprovar de forma irregular alguns loteamentos, entre eles um ligado a uma outra conhecida família local, e ainda por cima mudar o eixo de ocupação da avenida Teixeira Mendes (foto) e Cerro Azul.

Este teria sido inclusive o principal motivo da demissão, ocorrida ontem pela manhã, do diretor de Planejamento da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, José Vicente Alves do Socorro.
Mas uma informação que pode tornar todo esse atropelo desnecessário: se aprovarem agora, passando por cima da legislação, assim que assumir o cargo Ulisses Maia (PDT) vai cancelar, revogar e encaminhar ao Ministério Público.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.