Reformas e adequações

A Universidade Estadual de Maringá pretende gastar até R$ 2.964.224,71 para contratar empresa para execução de reformas e adequações para acessibilidade.

De acordo com o edital, republicado esta semana, as obras serão em quatro setores da instituição e em diversos sanitários, com área de 575,40 metros quadrados de reformas para calçadas, escadas e rampas, piso tátil, guias de balizamento, canaletas a céu aberto, corrimãos, guarda-corpos, vagas de estacionamentos, sinalizações horizontais e verticais.

DESARQUIVAMENTO
A Junta Comercial do Paraná, presidida por Marcos Sebastião Rigoni de Mello, decidiu desarquivar de ato mercantil de duas empresas de Maringá, na sessão realizada na semana passada.
Da Vila Nova Ingá Administradora de Bens Ltda. foi desarquivada a terceira alteração; da Biomax Comércio de Óleos Vegetais e Gorduras Animais foram desarquivados todos os atos, a partir de sua constituição.
Nos dois casos, a justificativa é a mesma: constatação de fraude pela Delegacia da Receita Federal em Maringá .

BIBLIOTECA

Filha do ex-governador Jaime Lerner, a jornalista Ilana Lerner Hoffmann foi nomeada esta semana para o cargo de assessor da Governadoria, designada para responder pela função de diretora da Biblioteca Pública do Paraná.
Ilana presidiu o Museu Oscar Nieyemer no curto governo de Cida Borghetti. Com sua nomeação, foi exonerado Rogério Pereira.

REMOÇÃO NO MP
O procurador-geral de Justiça Ivonei Sfoggia fez publicar na terça-feira as remoções, por opção, de Michele Nader, 21ª promotora de justiça da comarca, ao cargo de 14ª promotora (Defesa do idoso, portador de deficiência, saúde pública, saúde do trabalhador e reparação de dano resultante de crime), e de Edson Aparecido Cemensati, 8º promotor de justiça (2ª Vara Criminal, inquéritos de réus presos, inquéritos de delitos de trânsito e estelionato), ao cargo de 5º promotor de justiça (2ª e 5ª Vara Cível).
Na mesma data foram publicados os editais abrindo inscrições, no prazo de oito dias, para os cargos de 8º e 21º promotores de justiça da comarca de Maringá.

LEILÃO JUDICIAL
Em junho a 4ª Vara Cível de Maringá promove leilão de uma sala comercial do Edifício Atalaia, penhorada desde julho de 2011, avaliada em R$ 120.329,85 mil, pertencente a um ex-secretário municipal das gestões Silvio Barros II e Carlos Roberto Pupin.
O leilão judicial é resultado de cumprimento de sentença movida por uma empresa que realiza gestão de condomínios. O valor atualizado da dívida é de R$ 258.343,74. O imóvel tem penhora da 1ª Vara Federal de Maringá e indisponibilidade de bens decretada pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Maringá.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.