Assembleia de Deus divulga nova nota de esclarecimento


A Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá divulgou hoje à tarde mais uma nota de esclarecimento a respeito da crise financeira em que vive; a dívida, que chegaria a R$ 17 milhões, foi agravada pela aquisição da Rádio Tododia FM. Embora não cite nomes, a nota é assinada por membros do Conselho Extraordinário de Pastores Decanos, dos Conselhos Pastoral, Dirigentes, Planejamento e Finanças, Fiscal e membros da diretoria da Ieadcemar. O comunicado repudia “publicações inverídicas, desagradáveis, parciais e anticristãs realizadas pela imprensa e pela internet” e cita o pastor Clementino José Francelino da Silva, de Sarandi, como o causador das publicações e postagens. “Causa-nos muita tristeza e espanto é a verdadeira motivação do líder desta congregação, que se desviou da Palavra de Deus e dos costumes de nossa igreja”, diz trecho do texto, que se atribui ao presidente da Ieadcemar, pastor Robson Brito.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.