Bovo contraria Pupin e diz que carrão de R$ 171 mil é para fazer reunião


Agora são duas versões para justificar a compra do já conhecido “carrão do Pupin”, uma caminhonete SUV fechada para sete lugares que custa R$ 171 mil. De acordo com o secretário José Luiz Bovo, da Fazenda e Gestção, o veículo de luxo possibilitará “a realização de reuniões e tomadas de decisões importantes para a cidade”. A informação foi entregue ao vereador Humberto Henrique (PT), que havia pedido a suspensão da licitação e foi disponibilizada em seu site. No mês passado, irritado com a repercussão negativa do caso, o prefeito disse que o carro não era para uso dele, mas sim para “buscar no aeroporto empresários que vêm investir em Maringá”. O prefeito ainda teria dito que ele não mandou comprar o veículo e que “se quiserem podem até cancelar a licitação” – mas não mandou cancelar. O carro foi arrematado por R$ 171 mil, uma Chevrolet Trailblazercom acabamento interno com bancos em couro, rodas em liga leve, tração 4×4, potência de no mínimo de 170 C, barras longitudinais no teto e coluna de direção regulável são apenas alguns dos opcionais exigidos. A aquisição gerou críticas entre contribuintes e nas redes sociais.
Obrigado por pagar o IPTU

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

18 pitacos em “Bovo contraria Pupin e diz que carrão de R$ 171 mil é para fazer reunião

  1. Rigon,

    Seja para buscar visitantes no aeroporto, ou para ir as reuniões, que reunião? Seria da Amusep? Mas seja para que fim for, porque agora já era! O Pupin não cancelou a licitação mesmo!

    Eu da minha parte onde sou proprietário cotista do “CARRÃO o 171 do PUPIN”, vou sugerir para adesivar as duas portas com o Brasão de Maringá! O que você acha Rigon?

    José Fuji.

    • Ótima sugestão Fuji. Constar ainda a fonte que financiou a compra. Se do banco mundial, de alguma ONG, de algum convênio ou dos impostos dos patos que os bacharéis de todos os poderes e esferas, nos transformaram. Discursando ética e alto espírito público, é claro.

  2. É, e por falar em gastança de dinheiro público, se o ministério público quizer, terá uma ótima oportunidade de arrumar um ótimo processo para o prefeito Ricardo, digo Pupin, o setor de análise de projetos da PMM será terceirizado, vão contratar uma empresa (que por acaso ainda não existe) para analisar e depachar os projetos de construção da cidade, isso ao meu ver é ilegal e imoral, não acham que essa empresa que será criada para fazer as análises (que é serviço de funcionário de carreira) por acaso não pertencerá aos fratelli? duvido que não

  3. Essa eh a imagem de um prefeitinho chinfrim! Essa eh a imagem de um cara que passou a vida abrindo a boca apenas para pronunciar: Sim Senhor! Sim Senhor! Sim Senhorrr! Agora que se veh com a faca e o queijo em suas maos, estah arriscando dar uns tirinhos por conta propria! O que corrobora ainda mais com a sua imagem estereotipada de um grande bocal; chucro!

  4. llulla ten fingers diz:

    Que prefeito chinfrim que os inteligentes e astutos eleitores de maringá foram arrumar……………………………………..”eita povo chapéu atolado”.

  5. a vaia à primeira dama no parque de exposições, quando subiu para apresentar a banda paralamas do sucesso só reflete o que o povo anda achando disso tudo.

    as votações sobre a atitude do carrão no site do observatório social e a votação à respeito do que os leitores do Rigon acham sobre a atual administração vem demonstrando que as coisas para pupin vai piorar.

    estarei na primeira, fila com meu saco de pipoca e meu suco prat´s, vendo o mundo dessa corja ruir. o povo está largando de ser otário e acordando pra cuspir.

  6. Justiceiro diz:

    NOSSA tudo isso por causa de uma carrinho nacional de 170 mil??? Se fosse eu compraria aquela Porshe Cayene de 750 mil…

Deixe seu pitaco