Mudança na Semulher

A professora Aracy Adorno Reis não é mais secretária da Mulher da Prefeitura de Maringá. Nos bastidores, a única certeza de mudança no secretariado era a Semulher.

Nas redes sociais ela anunciou que estava fora do cargo e creditou sua exoneração, “sem aviso prévio”, a motivos políticos. “A assessoria do prefeito Ulisses Maia elogiou meu trabalho na gestão e os avanços que a Semulher alcançou com meu trabalho e de minha equipe. No entanto, o bom trabalho prestado parece não ter sido suficiente para fazer frente às necessidades políticas da administração no momento. (…) Sinto que ainda hoje as prioridades da administração se mostrem guiadas pela conveniência política”, escreveu.
A saída de Aracy, cuja atuação vinha dividindo opiniões, é mais um passo na reformulação da equipe do prefeito, tida como inexorável na metade do mandato e após uma campanha eleitoral decisiva. Sua substituta ainda não está definida.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.