Nota de esclarecimento

Ontem a Justiça Federal do Paraná divulgou nota de esclarecimento sobre o julgamento do assassinato do auditor maringaense José Sevilha. Diz a nota:

Baratek 10

“Em relação ao Tribunal do Júri que vai julgar o crime de homicídio contra o auditor fiscal José Sevilha, o juízo da 3ª Vara Federal de Maringá esclarece que no dia 11 de setembro foram nomeados novos advogados de defesa e concedido prazo de 90 dias para estudarem o processo. A próxima sessão se realizará depois de decorrido esse prazo, em data definida em calendário do qual as partes do processo foram previamente intimadas”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.